haribol, bem vindos , por favor adicionar

Pesquisar este blog


terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Srila Gurudeva Maha Expo Photo

                                  Jay Sri Guru Gouranga ! Jay Srila Gurudeva ! Haribol !!!!Welcome

                                      Srila Gurudeva Maha Expo Photo.

The leaders have never cared for the godbrothers/sisters

The leaders have never cared for the godbrothers/sisters.

They are happy when they see their brother get victimized by Maya, and never come to try and rescue them.

 Do you think Srila Gurudeva  is happy to see the present leader's disciples at his temples and not his own disciples????

They talk of love of God, but they do not care one bit for their own family members, unless the family agrees to accept everything they say.

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

What Really Happened in 1977-78, interview with Gurukrpa Prabhu, by Bhakta das

There is no new blood in this organization, things have become stagnated and dry, not dynamic and the offense of neglecting all their godbrothers by excluding them from their spiritual birthright, they will have to answer to Srila Prabhupada for this aparadha"

Dear Prabhus, Gurukrpa is here with me and on his behalf I am writing here.

Question: What happened the final months of Srila Prabhupada's appearance in connection with the process of initiating new devotees?

Gurukrpa: Nothing happened. In the beginning Srila Prabhupada did the diksa, the yajna and the name giving. As the numbers increased, he authorized GBC, and senior sannyasis to pick names and chant on the beads, etc. In 1977 during the months of May, June, July 1977 I was in Vrindaban with Srila Prabhupada, giving him his massage in his bed between 1 AM and mangala aratik. During the day, many letters would arrive. Satsvarupa Swami was the secretary and we decided that only letters that would give joy to Srila Prabhupada would be read. Like numbers of books sold, etc. A maximum of five letters daily were read to Srila Prabhupada.

After some weeks like this, there were stacks and stacks of letters, all relating to initiation. Hundreds of people were panicking that Srila Prabhupada would leave the planet before they were given initiation. At this time, this situation was brought before Srila Prabhupada in his room by Satsvarupa, Tamal, myself, and maybe some others.

Up until this time it was a very simple matter that we were doing the initiations, but we first had to ask permission. Srila Prabhupada NEVER refused any recommendation from his senior men. And personally, I would sometimes argue with some GBC that they were giving it too easily.

At this meeting, Srila Prabhupada basically said, "From here on, if you feel they are ready, then you may give the initiation on my behalf." I understood this for what it was, simply extending the authority a little further than it had been. Tamal Krsna Swami, began to say, "But who will do it?. Which devotees will do this?" Srila Prabhupada said, "The nearest one will do it. Whoever is closest." Tamal said, "Can Bhavananda do? Can Jayapataka do?" Thus these eleven names came out.

Question: Why were you not on the list of eleven?

Gurukrpa: Because it did not matter. Srila Prabhupada said whoever was closest. I was already doing and Srila Prabhupada never told me or anyone else not on the list to stop. For myself, it was not very relevant because I was working in Japan and did not have any new devotees to initiate.

Tamal Krsna Swami made these list of names himself and Srila Prabhupada signed the letter. But they were only priests to act on behalf of Srila Prabhupada. Tamal asked about Bhavananda who was not a TP or a GBC at that time. And everyone knew well of his homosexual tendencies. But, Tamal pushed his name, because he was already planning how to take over when Srila Prabhupada was gone.

Question: How did Tamal Krsna Swami become so influential at this time?

Gurukrpa: Tamal's original service was as GBC in India. He left that service without permission and arrived in America. Within one year the Temple Presidents made a huge complaint to Srila Prabhupada that he was disrupting the temples by taking important men. I was in the room when Srila Prabhupada told Tamal to go to China. Hari Sauri's memory of this incident is not accurate. Either way, that is another story.

Tamal went to New York to prepare to go to China. And in May 1976, he showed up in a suit in Honolulu, a broken man. He could not get a visa to China, he had no service to do in India, and he could not go back to America, so he was quite depressed. Approximately a day or two later, Srila Prabhupada called for Tamal and me at about 12:30 AM. He said, "My feet are swelling, my teeth are getting loose, I am passing urine too frequently. These are the first signs that death is coming." Then he sent us back to bed. The next day TKG volunteered to be Srila Prabhupada's secretary, as the service was vacant at that time. From this position he could control and manipulate the environment around Srila Prabhupada. I can write many more stories that will shock people about TKG's ambitious nature and his desire to take Srila Prabhupada's seat.

After Srila Prabhupada left, in November 1977, I stayed in Vrindaban till Gaura Purnima 1978, and there was no discussion of guru during these three or four months, because Srila Prabhupada's last instruction, or as the Ritviks call it, "The final order", was that "Now we have build a framework. There is no need to try and expand more. If we can just maintain our men and increase the chanting and hearing that is sufficient. We should sit down now and chant and hear."

There was NO TALK about initiations that I heard either in Vrindaban or in Mumbai during these months. If Srila Prabhupada has appointed these eleven as spiritual masters, why did they not start initiating at once? Because they all knew very well they were never appointed! We knew the philosophy, what is tattva darshi and what is Saksad Hari... but behind closed doors there was a plot simmering. In the GBC meeting of 1978 the initiation issue was brought up and it appeared they had already concluded that they were going to go ahead and say that they were appointed. I asked Harikesh sitting next to me, 'how are you going to let people call you a paramahansa? You are not a realized soul, you are a piece of shit. He turned to me with a smrik on his face, and said "What are you going to do about it?" That is basically what happened, none of us could do anything after that.

In 1978, Janmastami, TKG came to Vrindavan to give Sannyasa diksa to Bhagavan. I was the GBC at the time in Vrindavan. TKG called from Delhi and demanded flower garlands and a large reception greeting at the temple with vyasasanas for them to sit on. I told them this is Prabhupada's temple and everybody can sit on the floor. When they came I gave them no such reception, and the next morning in Bhagavatwam, Bhagavan brought his politics into the class. I went and told him, if you ever do this again, bringing politics into Bhagavatwam class, you will never speak again in any temple I manage. That day, Bhavananda, TKG, and Bhagavan asked me to meet them in the guest house for a meeting. When I came, they said, why are you making waves? Just stop making trouble about this appointment of gurus and we'll make you the 12th guru at the next Mayapur meeting. I told them, Prabhupada did not make anyone guru's, you have to be a realized soul. They said there was some talk about you in Japan doing some things, therefore Prabhupada did not name you. I told them you are now believing your own lies. They were silent. Bhavananda tried to speak. I told him to shut his mouth because he was a homosex and he had never done service and had been living off the money I collected and sent to Mayapur for construction.

Question: So how did everyone become gurus, if Prabhupada did not make them gurus?

Gurukrpa: Had Srila Prabhupada seen one of us as being capable, he would have named that person or persons, but he did not mention that anyone was fit. His Divine Grace B.V. Puri Maharaja, who Srila Prabhupada said "is the only godbrother who is not envious of me", ask Srila Prabhupada, "Please stay another 8 or 10 years with these boys." Srila Prabhupada's answer was, "They are all hard headed, I have done all that I can do."

Prabhupada said, "I can stay 100 years" many times, but he left after 81 plus a few months.

In the GBC meeting of 1978, they shouted me down and they had already decided the fix was in. This was how the future of ISKCON was going to go.

Question: Is the GBC absolute since they are named as the ultimate managing authority?

Gurukrpa: Prabhupada said the GBC would be the ultimate managing authority. But that does not mean they are perfect, and they have perfect vision. The process of the GBC meetings during the years, we would have the meeting and report the day's minutes of the meeting nightly to Prabhupada. Usually it would take 5 days. Prabhupada said, if you people were competent, you people would be done in 30 minutes. In 1977, Prabhupada told us, just have your meetings and after 5 days give me all your resolutions. After 5 days of meetings, the GBC filed in his room, sat down and read the resolutions; and one after another. Srila Prabhupada said, 'No I do not want that, no that is not what I wanted'. He vetoed almost all the resolutions. So to say the GBC is the ultimate authority is correct, but that does mean that it is absolute. As you can see by how many gurus have fallen down, and how many GBC's have had difficulties.

Guru means one who has no other interest but to realize the absolute truth, Krishna. The guru must have first realized the Name is non-different than Krishna. When I first joined the movement, we spent 9 to 10 hours a day chanting in the street. These present GBC's do not spend that in a year. Hari nama eva kevalam, in this age only the Holy Name, only the Holy Name. Your bureaucracy and your management is not the process. The elitism being shown by the GBCs putting themselves up on a platform, above all their godbrothers is absolute arrogance and the greatest sin of pride, the opposite of the humble blade of grass. Krishna is the one giving all directions for those who can hear Him.

Must of us are now hitting 60 or more. We've made successful businesses, won some, lost some, raised our families, and personally I have gone to 25 straight Kartiks in Vrindavan. We have been excluded from Srila Prabhupada's movement, it started in the GBC meeting of 1978. Still today, the people who have appointed themselves for life have had very little result. Rabindra Svarupa, the GBC of Hawaii, has come once in 6 years, and he will not give up the position. Kavicandra in Japan has done nothing there in 25 years. Even one of these GBC gurus does not wear neck beads, tilak, sikah, or have any faith in the Name is still a member in good standing. In the west, most of the temples have more deities than devotees. Most of the devotees are being paid, pujaris being paid, cooks being paid Temple Presidents are being paid, and they have to bring Indian devotees just to keep the bare minimum going.

I have witnessed over all these years how the elitist mentality of the GBC's and guru's have excluded all their godbrothers. They have put themselves on a high pedestal. They have no taste for staying in the holy dhama's of Mayapur and Vrindavna, and they run back to their comfort zones soon as they finish the meetings.

In 1977, during the rainy season, all the GBC's showed up in Vrindavan.. Srila Prabhupada said, we should go in a room and make out his will for him, i.e., who would manage what properties and so forth... Kirtanananda and everyone was there, and they were going on saying someone will do this, and someone will do that... I noticed how they totally left me out. So I just went to the Yamuna and took my bath and came back to find them still dividing everything up. When they were finished, it was brought into Srila Prabhupada room and read to him as he laid on his bed. After they finished reading the will, the first question Srila Prabhupada asked was, 'Where is Guru-krpa's name'? I had already opened a dozen temples and collected the most money in ISKCON history, up to that point, and they totally left me out. But Srila Prabhupada noticed it right away. So now, although I am the first executor in his will, and he told me to develop Hawaii and other places, (you made read the will), they also have totally neglected that order. Giriraj even came and asked me if I would resign from the will. I told him, 'How can I give up the order of the guru'? It is not as easy for me as you people.

There is no new blood in this organization, things have become stagnated and dry, not dynamic and the offense of neglecting all their godbrothers by excluding them from their spiritual birthright, they will have to answer to Srila Prabhupada for this aparadha.

Question: What is your idea of how the guru-disciple relationship should now be handled in ISKCON?

Gurukrpa: Love cannot be institutionalized. I fell in love with Srila Prabhupada the second I saw him. That is why I could surrender to the depth that I did, to get the insurmountable service I did at that time. Once in Mayapur, Kirtanananda came to me and said "Why are you giving all that money to Prabhupada. You should give it to me, in America we are protected. The communist one day will come and take these buildings away... Prabhupada is making a big mistake." I was shocked by what I just heard. At that time, Kirtanananda was considered by Satsvarupa to be the greatest of the great, and the most divine of the divine. My answer was, I do not care what he does with the money. He can flush it down the toilet, for all I care, I just love to give it to him.

It's a matter of the heart. According to one's state of the heart, if one has many material desires, he may say he loves Bhagavan Sai Baba, the Pope, Charles Manson. It's according to one's sukriti. Krishna is sitting in one's heart, He knows exactly what our intentions are. Before anyone has a right to ask a question, you must first enter the class. The price is surrender. Those who have not fully surrendered cannot understand those who have surrendered. Those who have surrendered can understand about everyone.

Srila Prabhupada initiated thousands, he told me once in his room in Vrindavan, he said "My guru ordered me to go to the west, and I did that. My main service was to translate these books and I did that. I have a personal desire to build these temples in India. That is my personal program. But they (his disciples) will not give me money and my head is getting hot. I have to translate these books, write many letters, and I am thinking how to raise the money to build these temples because my disciples have their own programs and will not give me money." So, seeing Srila Prabhupada like this, I told him that from today forth, you just translate the books peacefully, and I will take the headache and go and get the money. When I walked out of the room, I could not believe what I just said. So to think all the GBC are 100% surrendered souls, and the gurus are 100% surrendered souls with no self-interest, and their only interest is to serve Srila Prabhupada mission, they did not even care during his time (Srila Prabhupada's time). Srila Prabhupada said he would be happy, if he could get one moon. To get one disciple who would be perfect, out of many thousands. How rare is a personality of Srila Prabhupada's character.

The GBC's duty is to see that Srila Prabhupada's standard is being maintained. That standard is based on chanting and hearing, also becoming a lover of Krishna. If Srila Prabhupada said I bless you, I give you a benediction, it will manifest. He has the right, the adhikari to do that. If someone else says I am your guru, I am giving you diksa, can he give you Krishna? Can he give you the Holy Name? Can he take you to Vaikuntha? Have you been there, has the guru been there? Srila Prabhupada told me in the car in New Zealand, he turned to me in the car and said, while you were building Krishna Balarama temple in Vrindavan, Krishna was building you a house in Goloka. I have seen it, it is very nice. That is why you can only surrender to the depths, to one who is from that place, and who can you give you that place, who wants that place, otherwise it is just a big show. Whistles and bells with no substance.

My view of seeing this organization, it is cronyism. Most of the leaders, their hearts are still, steel framed, they are self-interested. They are not self-less. They have stopped somewhere on this road back to Godhead; they are satisfied with their easy lifestyle, food, respect, honor, traveling all at the expense of the community and the younger devotees who go on the street. It's a long way from chant, dance and be happy.

Question: Then how did it come about that immediately after Srila Prabhupada was not present physically, these eleven became worshipable as paramahamsas of the highest order?

Gurukrpa: Because it is the cheaters and the cheated. People are basically sudras who want a master tell them what to do. They do not have sufficient intelligence, or spiritual knowledge, therefore they accepted; and the more realized devotees left, after trying to correct things. They were told to leave because they were disturbing the faith of the new disciples.

Because they could not take it anymore anymore they left. Now it has become like the Pol Pot regime, "accept our way, or die." Devotees never die, KRSNA is always in their hearts. They are the losers for losing the association of their brothers and sisters. The senior men can do something, otherwise the new men cannot do without the association of the older devotees.

Most of the older devotees now also do not have the missionary spirit. Srila Prabhupada said, as a group we can't be broken, but alone we are all easily broken.

The leaders have never cared for the godbrothers/sisters. They are happy when they see their brother get victimized by Maya, and never come to try and rescue them. Do you think Srila Prabhupada is happy to see the present leader's disciples at his temples and not his own disciples???? They talk of love of God, but they do not care one bit for their own family members, unless the family agrees to accept everything they say. They have no peers around them that may object to anything.



tradução eletronica :

Posso ficar 100 anos Many Times

Não há sangue novo nesta organização , as coisas tornaram-se estagnada e seco, não dinâmica e do delito de negligenciar todos os seus irmãos espirituais , excluindo-os do seu direito de primogenitura espiritual , eles terão que responder a Srila Prabhupada para este aparadha "

Caro Prabhus , Gurukrpa está aqui comigo e em seu nome que eu estou escrevendo aqui.

Pergunta: O que aconteceu nos últimos meses de aparecimento de Srila Prabhupada em conexão com o processo de iniciar novos devotos ?

Gurukrpa : Não aconteceu nada. No início Srila Prabhupada fez o diksa , o yajna eo nome dar. Como os números aumentaram , ele autorizou GBC , e sannyasis sênior para escolher nomes e cantar nas contas , etc Em 1977 , durante os meses de maio, junho , julho 1977 eu estava em Vrindaban com Srila Prabhupada , dando -lhe a sua massagem em sua cama entre 01:00 e mangala aratik . Durante o dia, muitas cartas iria chegar. Satsvarupa Swami era o secretário e decidimos que apenas letras que dão alegria a Srila Prabhupada seria lido . Como o número de livros vendidos , etc Um máximo de cinco cartas por dia foram lidas para Srila Prabhupada.

Depois de algumas semanas como esta , havia pilhas e pilhas de cartas , todos relacionados com a iniciação. Centenas de pessoas estavam em pânico que Srila Prabhupada iria deixar o planeta antes que eles receberam a iniciação. Neste momento, esta situação foi levado perante Srila Prabhupada em seu quarto por Satsvarupa , Tamal , eu mesmo, e talvez alguns outros.

Até este momento foi uma questão muito simples que nós estávamos fazendo as iniciações , mas primeiro tinha que pedir permissão. Srila Prabhupada nunca recusou qualquer recomendação de seus homens seniores. E, pessoalmente, eu às vezes discutir com alguns GBC que eles estavam dando-lhe muita facilidade.

Nesta reunião, Srila Prabhupada basicamente disse: " De agora em diante , se você sentir que está pronto , então você pode dar a iniciação em meu nome. " Eu entendi isso para o que era, simplesmente estendendo a autoridade um pouco mais do que tinha sido . Tamal Krishna Swami, começou a dizer: " Mas quem vai fazer isso? . Qual devotos vai fazer isso ? " Srila Prabhupada disse: " O mais próximo o fará. Quem está mais próximo . " Tamal disse : "Pode Bhavananda fazer? Pode Jayapataka fazer? " Assim, estes onze nomes saiu.

Pergunta: Por que você não está na lista de onze?

Gurukrpa : Porque não importava. Srila Prabhupada disse que quem estava mais próximo . Eu já estava fazendo e Srila Prabhupada nunca me ou qualquer outra pessoa disse não está na lista de parar. Para mim , não foi muito relevante porque eu estava trabalhando no Japão e não tem quaisquer novos devotos para iniciar .

Tamal Krishna Swami fez essa lista de nomes próprio e Srila Prabhupada assinou a carta . Mas eram só os sacerdotes para agir em nome de Srila Prabhupada. Tamal perguntado sobre Bhavananda que não era um TP ou um GBC naquele momento. E todo mundo sabia muito bem de suas tendências homossexuais . Mas , Tamal empurrou seu nome, porque ele já estava planejando como tomar sobre quando Srila Prabhupada tinha ido embora.

Pergunta: Como é que Tamal Krishna Swami tornou tão influente neste momento?

Gurukrpa : serviço original de Tamal era tão GBC na Índia. Ele deixou que o serviço sem permissão e chegaram à América . Dentro de um ano, os presidentes do templo fez uma enorme queixa à Srila Prabhupada que ele estava perturbando os templos , tendo os homens importantes. Eu estava no quarto quando Srila Prabhupada disse Tamal ir para a China . Memória deste incidente de Hari Sauri não é preciso. De qualquer maneira, isso é outra história .

Tamal foi para Nova York para se preparar para ir à China. E em maio de 1976, ele apareceu em um terno em Honolulu, um homem quebrado . Ele não poderia obter um visto para a China, que não tinha serviço para fazer na Índia, e ele não podia voltar para a América , então ele estava muito deprimido. Cerca de um ou dois dias mais tarde , Srila Prabhupada pediu Tamal e me em cerca de 0:30 . Ele disse: " Meus pés estão inchando urina , meus dentes estão ficando solto, eu estou passando com muita freqüência. Estes são os primeiros sinais de que a morte está chegando . " Depois mandou -nos de volta para a cama. No dia seguinte TKG se ofereceu para ser o secretário de Srila Prabhupada , como o serviço foi vago naquela época. A partir desta posição que ele pudesse controlar e manipular o ambiente em torno de Srila Prabhupada. Eu posso escrever muitas mais histórias que irá chocar as pessoas sobre a natureza ambiciosa do TKG e seu desejo de tomar o lugar de Srila Prabhupada.

Depois de Srila Prabhupada para a esquerda, em novembro de 1977 , eu fiquei em Vrindaban até Gaura Purnima 1978 e não houve discussão de guru durante esses três ou quatro meses , porque última instrução de Srila Prabhupada, ou como os Ritviks chamá-lo, " A ordem final" , foi a de que "Agora temos construir uma estrutura . não há necessidade de tentar expandir mais. Se conseguirmos manter nossos homens e aumentar a cantar e ouvir que é suficiente. Devemos sentar agora e cantar e ouvir. "

Não houve nenhuma conversa sobre iniciações que ouvi tanto em Vrindaban ou em Mumbai durante estes meses. Se Srila Prabhupada nomeou estes onze mestres como espirituais , por que não começar a iniciar de uma vez? Porque tudo o que sabiam muito bem que eles nunca foram nomeados ! Sabíamos que a filosofia , o que é tattva darshi eo que é saksad Hari ... mas por trás de portas fechadas havia um complô em fogo brando. Na reunião de 1978, o GBC questão iniciação foi criado e parecia que já tinha concluído que eles estavam indo para ir em frente e dizer que eles foram nomeados . Perguntei Harikesh sentado ao meu lado , "como é que você vai deixar as pessoas te chamam de Paramahansa ? Você não é uma alma realizada , você é um pedaço de merda . Ele se virou para mim com um smrik em seu rosto, e disse: " O que você vai fazer sobre isso ? " Isso é basicamente o que aconteceu , nenhum de nós poderia fazer qualquer coisa depois disso.

Em 1978, Janmastami , TKG veio a Vrindavan dar Sannyasa diksa de Bhagavan. Eu era o GBC no momento em Vrindavan . TKG chamado a partir de Delhi e exigiu guirlandas de flores e uma grande recepção saudação no templo com vyasasanas para eles para se sentar. Eu disse-lhes este é o templo de Prabhupada e todos podem sentar-se no chão. Quando eles chegaram eu não lhes deu tal recepção, e na manhã seguinte em Bhagavatwam , Bhagavan trouxe sua política para a classe . Eu fui e disse-lhe , se você nunca fazer isso de novo , trazer a política para classe Bhagavatwam , você nunca vai falar de novo em qualquer templo eu consigo . Naquele dia, Bhavananda , TKG , e Bhagavan me pediu para encontrá-los na casa de hóspedes para uma reunião. Quando cheguei , eles disseram, por que você está fazendo ondas ? Basta parar de criar problemas sobre esta nomeação de gurus e vamos fazer-lhe a 12 ª guru na próxima reunião Mayapur . Eu disse a eles , Prabhupada não fez qualquer guru de , você tem que ter uma alma realizada . Eles disseram que houve alguma conversa sobre você no Japão fazendo algumas coisas , portanto Prabhupada não revelou o nome de você. Eu disse a eles que você está agora acreditar em suas próprias mentiras . Eles ficaram em silêncio. Bhavananda tentou falar . Eu disse para ele calar a boca porque ele era um homossexual e ele nunca tinha feito serviço e estava morando fora o dinheiro que eu coletadas e enviadas para Mayapur para a construção.

Pergunta: Então como é que todo mundo se tornar gurus , se Prabhupada não torná-los gurus ?

Gurukrpa : Had Srila Prabhupada viu um de nós como sendo capaz , ele teria chamado essa pessoa ou pessoas , mas ele não mencionou que ninguém estava apto . Sua Divina Graça BV Puri Maharaja , que disse Srila Prabhupada "é o único irmão espiritual que não tem inveja de mim " , pergunte a Srila Prabhupada , " Por favor, fique mais 8 ou 10 anos com esses meninos . " A resposta de Srila Prabhupada era: " Eles são todos cabeça dura , eu fiz tudo o que eu posso fazer."

Prabhupada disse: "Eu posso ficar 100 anos " muitas vezes, mas ele saiu depois de 81 , mais de alguns meses.

Na reunião GBC de 1978 , eles me gritou e eles já tinham decidido a correção estava dentro Foi assim que o futuro da ISKCON estava indo para ir .

Pergunta: O GBC absoluta , uma vez que são nomeados como a autoridade de gestão final?

Gurukrpa : Prabhupada disse que o GBC seria a autoridade de gestão final. Mas isso não significa que eles são perfeitos , e eles têm a visão perfeita . O processo das reuniões do GBC durante os anos , teríamos a reunião e relatar minutos do dia da reunião à noite para Prabhupada. Normalmente levaria 5 dias. Prabhupada disse, se vocês eram competentes , vocês seria feito em 30 minutos. Em 1977, Prabhupada disse-nos , basta ter as suas reuniões e depois de 5 dias me dá todas as suas resoluções. Após 5 dias de reuniões, o GBC arquivado em seu quarto, sentou-se e leia as resoluções , e um após o outro . Srila Prabhupada disse, ' Não, eu não quero isso, não que não é o que eu queria " . Ele vetou quase todas as resoluções . Então, para dizer o GBC é a autoridade final é correto, mas isso não significa que ele é absoluto . Como você pode ver por quantos gurus caíram , e quantos GBC de ter tido dificuldades .

Guru significa aquele que não tem outro interesse, mas para perceber a verdade absoluta , Krishna . O guru deve ter primeiro percebeu que o nome não é diferente do que Krishna . Quando entrei pela primeira vez o movimento , passamos 9 a 10 horas por dia cantando na rua. Estes presente GBC não gastar isso em um ano. Hari nama eva kevalam , nesta era apenas o Nome Santo, somente o Santo Nome . Sua burocracia e sua gestão não é o processo . O elitismo que está sendo mostrado pelo GBCs colocando-se em cima de uma plataforma , acima de todos os seus irmãos espirituais é a arrogância absoluta eo maior pecado do orgulho , o oposto da lâmina humilde de grama. Krishna é o que dá todas as direções para aqueles que podem ouvi-lo .

Deve de nós agora estão atingindo 60 ou mais. Fizemos empresas de sucesso , ganhou alguns, perdeu um pouco , levantou as nossas famílias , e pessoalmente eu ter ido para 25 Kartiks reta em Vrindavan . Fomos excluídos do movimento de Srila Prabhupada, que começou na reunião GBC de 1978. Ainda hoje, as pessoas que se nomeados para a vida ter tido muito pouco resultado . Rabindra Svarupa , o GBC do Havaí, veio uma vez em 6 anos, e ele não vai desistir do cargo. Kavicandra no Japão fez nada lá em 25 anos. Mesmo um desses gurus do GBC não usar contas de pescoço, Tilak , sikah , ou ter qualquer fé no nome ainda é um membro em boa posição . No oeste, a maioria dos templos têm mais divindades do que devotos. A maioria dos devotos estão sendo pagos , pujaris sendo pago , cozinheiros sendo pago presidentes de templo estão sendo pagos , e eles têm que trazer devotos indianos apenas para manter o mínimo indo.

Tenho testemunhado ao longo de todos estes anos como a mentalidade elitista do GBC e guru ter excluído todos os seus irmãos espirituais . Puseram -se em um alto pedestal. Eles não têm nenhum sabor para ficar na santa dhama do de Mayapur e Vrindavna , e correr de volta para suas zonas de conforto assim que terminar as reuniões.

Em 1977, durante a estação chuvosa , toda a GBC apareceu em Vrindavan .. Srila Prabhupada disse , devemos ir em uma sala e fazer a sua vontade para ele, ou seja , quem iria administrar o propriedades e assim por diante ... Kirtanananda e todo mundo estava lá, e que eles estavam indo para dizer que alguém vai fazer isso, e alguém vai fazer isso ... Percebi como eles totalmente me deixado de fora. Então, eu só fui para o Yamuna e tomou meu banho e voltei para encontrá-los ainda dividindo tudo. Quando terminaram , ele foi levado para a sala Srila Prabhupada e ler para ele como ele colocou em sua cama. Depois que terminei de ler o testamento , a primeira pergunta Srila Prabhupada perguntou foi : 'Onde está o nome do Guru- krpa ? Eu já tinha aberto uma dúzia de templos e recolhidos mais dinheiro na história da ISKCON , até aquele momento , e eles totalmente me deixado de fora. Mas Srila Prabhupada notado imediatamente. Então, agora, embora eu seja o primeiro executor de sua vontade, e ele me disse para desenvolver Havaí e em outros lugares , (você fez ler o testamento ) , eles também têm negligenciado totalmente nessa ordem. Giriraj mesmo veio e me perguntou se eu iria demitir-se da vontade. Eu disse a ele : 'Como eu posso dar a ordem do guru ? Não é tão fácil para mim, como vocês.

Não há sangue novo nesta organização , as coisas tornaram-se estagnada e seco, não dinâmica e do delito de negligenciar todos os seus irmãos espirituais , excluindo-os do seu direito de primogenitura espiritual , eles terão que responder a Srila Prabhupada para este aparadha .

Pergunta: Qual é a sua idéia de como o relacionamento guru- discípulo deve agora ser tratado na ISKCON ?

Gurukrpa : O amor não pode ser institucionalizada . Eu caí no amor com Srila Prabhupada o segundo em que o vi . É por isso que eu podia render-se a profundidade que eu fiz, para obter o serviço insuperável eu fiz naquela época. De vez em Mayapur , Kirtanananda veio até mim e disse: " Por que você está dando todo esse dinheiro para Prabhupada. Você deve dá-lo a mim, na América estamos protegidos . The comunista um dia virá e levar estes edifícios away ... Prabhupada é cometendo um grande erro . " Fiquei chocado com o que acabei de ouvir . Naquela época, Kirtanananda foi considerado por Satsvarupa ser o maior dos grandes, eo mais divino do divino. Minha resposta foi , eu não me importo com o que ele faz com o dinheiro. Ele pode eliminá-la no vaso sanitário , por tudo que me importa , eu só gosto de dar para ele .

É uma questão do coração. De acordo com um estado do coração, se a pessoa tem muitos desejos materiais , ele pode dizer que ama Bhagavan Sai Baba , o Papa, Charles Manson. É de acordo com sua sukriti . Krishna está sentado em seu coração , Ele sabe exatamente o que as nossas intenções são . Antes que qualquer um tem o direito de fazer uma pergunta , você deve primeiro entrar na classe. O preço é de rendição. Aqueles que ainda não se renderam totalmente não consigo entender aqueles que se renderam . Aqueles que se renderam pode entender sobre todos.

Srila Prabhupada iniciou milhares , disse-me uma vez em seu quarto em Vrindavan , ele disse: " Meu guru me mandou ir para o oeste, e eu fiz isso. Meu serviço principal foi traduzir esses livros e eu fiz isso. Tenho um pessoal desejo de construir esses templos na Índia. Esse é o meu programa pessoal. Mas eles ( os discípulos ) não vai me dar dinheiro e minha cabeça está ficando quente . tenho que traduzir esses livros , escrever muitas cartas , e eu estou pensando como levantar o dinheiro para construir estes templos porque meus discípulos têm seus próprios programas e não vai me dar dinheiro. " Então , vendo Srila Prabhupada assim, eu disse a ele que a partir de hoje em diante , você só traduzir os livros de forma pacífica , e eu vou ter a dor de cabeça e ir buscar o dinheiro. Quando saí da sala , eu não podia acreditar no que eu acabei de dizer. Então, para que todos o GBC são 100% almas rendidas e os gurus são 100% almas rendidas sem interesse próprio, e seu único interesse é o de servir a missão de Srila Prabhupada , eles nem se importou durante o seu tempo ( tempo de Srila Prabhupada ) . Srila Prabhupada disse que ficaria feliz, se ele poderia obter uma lua. Para obter um discípulo que seria perfeito , de muitos milhares . Como raro é uma personalidade da personagem de Srila Prabhupada.

O dever do GBC é ver que o padrão de Srila Prabhupada está sendo mantida. Esse padrão é baseado em cantar e ouvir , tornando-se também um amante de Krishna. Se Srila Prabhupada disse que eu te abençoe, eu dar-lhe uma bênção , ele irá se manifestar. Ele tem o direito , a Adhikari para fazer isso. Se alguém diz que eu sou o seu guru , eu estou lhe dando diksa , pode ele dar-lhe Krishna? Ele pode dar-lhe o Santo Nome ? Ele pode levá-lo para Vaikuntha ? Você já esteve lá , foi o guru esteve lá? Srila Prabhupada disse-me no carro na Nova Zelândia, ele se virou para mim no carro e disse , enquanto você estava construindo templo Krishna Balarama em Vrindavana , Krishna estava construindo uma casa em Goloka . Eu já vi isso , é muito bom. É por isso que você só pode entregar para as profundezas , para aquele que é a partir desse lugar, e que você pode dar-lhe esse lugar , que quer que o lugar , caso contrário, é apenas um grande show. Assobios e sinos com nenhuma substância .

Meu ponto de vista de ver esta organização, é o nepotismo . A maioria dos líderes , os seus corações ainda são, aço moldado , eles são auto- interessados ​​. Eles não são auto- menos. Eles pararam em algum lugar nesta estrada de volta ao Supremo , pois eles estão satisfeitos com seu estilo de vida fácil , comida , respeito, honra, viajando às custas da comunidade e os devotos mais jovens que passam na rua. É um longo caminho de canto, dança e ser feliz.

Pergunta: Então, como isso aconteceu imediatamente depois que Srila Prabhupada não estava presente fisicamente , estes onze tornou-se adorado como paramahamsas da mais alta ordem ?

Gurukrpa : Porque é os cheaters e enganados. As pessoas são basicamente sudras que querem um mestre dizer-lhes o que fazer. Eles não têm inteligência suficiente , ou conhecimento espiritual, portanto, eles aceitaram , e os devotos mais realizados para a esquerda, depois de tentar corrigir as coisas. Eles foram orientados a sair porque estavam perturbando a fé dos novos discípulos .

Porque eles não aguentava mais mais que eles deixaram. Agora tornou-se como o regime de Pol Pot, " aceitar o nosso caminho , ou morrer. " Devotos nunca morrem , Krsna está sempre em seus corações. Eles são os perdedores para perder a associação de seus irmãos e irmãs . Os homens altos podem fazer alguma coisa , caso contrário, os novos homens não podem fazer sem a associação dos devotos mais velhos.

A maioria dos devotos mais velhos agora também não tem o espírito missionário . Srila Prabhupada disse, como um grupo que não pode ser quebrado , mas só estamos todos facilmente quebrado.

Os líderes nunca cuidou dos irmãos espirituais / irmãs . Eles estão felizes quando vêem seu irmão se vitimado por Maya , e nunca mais para tentar resgatá-los. Você acha que Srila Prabhupada está feliz em ver discípulos do atual líder nas têmporas e não seus próprios discípulos ? ? Eles falam do amor de Deus, mas eles não se importam nem um pouco para seus próprios membros da família, a não ser que a família se compromete a aceitar tudo o que eles dizem. Eles não têm pares em torno deles que se podem opor a qualquer coisa.

Eu sou uma alma muito caído. EU NÃO SOU basicamente um indicador de falhas , razão pela qual eu não falava -SE nos últimos 30 anos . SO muitas pessoas perguntam -me a escrever um livro, mas eu não tenho. Eu vivi muito bem PELA GRAÇA DE Srila Prabhupada . Ficarei muito feliz de ver o GBC realmente tornar-se GBC REAL E VERDADEIRO AMOR COMPASSIVO Vaisnavas.

domingo, 15 de dezembro de 2013

Bharathanatyam - Gourangi Marzulo e Kirtananda Borrero


*Apresentação de Dança Clássica Indiana Bharatanatyam, de Kirtan e de cantos de Mantra

Auditório - Centro Cultural da Índia, São Paulo

GOURANGI MARZULO pratica dança clássica indiana, estilo Bharathanatyam, desde os 8 anos de idade, recentemente, realizou um curso intensivo de 2 anos, em Chennai, na Escola Kalakshetra de Belas Artes. KIRTANANANDA DE OLIVEIRA BORRERO é músico desde a infância e também participou de vários eventos nacionais e internacionais, tocando mantras e música alternativa.

A proposta desta apresentação é a de envolver o público em uma atmosfera de paz e harmonia, apresentando peças de dança e mantras, facilitando, assim, a apreciação das antigas artes indianas, bem como a conexão de cada pessoa com o Eu Superior, através do intercâmbio de inspirar vibrações

Esta dança nasceu e se desenvolveu no Sul da Índia, no estado de Tamil Nadu, às margens do rio Kaveri ou Calvery e tem aproximadamente seis mil anos, apesar de antiga se conserva fresca e fascinante em sua riqueza de movimentos tradicionais, encanto estético e variedade de expressões.

Considerada a mãe de todos os estilos de dança é também conhecida como Bharatha Nathyam. A palavra Bharatha é o antigo nome da Índia e também o nome do sábio ao qual o Deus Brahma concedeu as escrituras que regem a dança.

Originalmente era dançado por Devadasis, nome dado à mulheres pertencentes ao Templo e completamente devotadas à arte.

Bharathanatyam é uma arte viva a qual ainda pode ser apresentada de acordo com o Natya Shastra de Bharatha, ainda que a essência do Shastra não seja limitar a dança por regras e regulamentos. Há sempre uma interpretação errônea de que tradição ou ensinamentos tradicionais são estreitos e não criativos. Se o lugar da tradição é entendido apropriadamente, o exato oposto será achado como verdadeiro.....Bharathanatyam é um método de aprendizado espiritual para fins humanos. Portanto não é esperado que reflita a vida moderna...
O estilo de música que acompanha o Bharathanatyam é o estilo clássico Carnático e os instrumentos usados para acompanhar o vocal são: a flauta ou o violino, a Veena, a Tambura e como percussão para o ritmo dos pés, o Mrdungam e o Nattuvangan.

O Alarippu ( Tamil : அலாரிப்பு, significando bud floração) é tradicionalmente a primeira dança peça que Bharatanatyam dançarinos aprender e executar neste tipo de recital de dança clássica. [1] É uma peça invocação, simbolizando a oferta de homenagens a ambos Deus eo audiência. [2]

É um ritual de dança acompanhada por um nattuvanar (percussionista verbal) e um baterista . [3] O ato é inteiramente baseado em ritmo e está focada em relaxar o corpo do dançarino, relaxante, assim, sua mente e simboliza seu despertar . [4]

O alarippu é feito no início do desempenho e é feito em três tempos . Alarippu significa florescimento do corpo e da mente, e também é conhecido como Alarisu. Alarippu é feito pela primeira vez em samabhangi , aremandi , purnamandi , intrincado adavus e termina com mukthayas . Este nrutha artigo simboliza oferecendo oração a Deus, para o palco e solução para preceptores e anciãos . Pertence à nritta categoria. Ele geralmente tem uma duração de 4 a 5 minutos

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Srila BV Swamiji Sajjan Maharaja

Distinguished disciple of Srila A.C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada and Srila 

Bhaktivedanta Narayana Gosvami Maharaja

Blogs Devocionais

Gráfico de page views 603 visualizações de página - 32 postagens, última publicação em 15/04/2013
Gráfico de page views 290 visualizações de página - 1 postagem, última publicação em 25/08/2012
Gráfico de page views 425 visualizações de página - 6 postagens, última publicação em 02/08/2012
Gráfico de page views 826 visualizações de página - 7 postagens, última publicação em 14/06/2012
Gráfico de page views 743 visualizações de página - 2 postagens, última publicação em 08/05/2012
Gráfico de page views 1575 visualizações de página - 12 postagens, última publicação em 09/12/2010


Email :

Creative Commons License

Jornal Hare Krsna Brasil é licenciado Licença Creative Commons
Ao copiar qualquer artigo por gentileza mencionar o link o credito do autor .